NCS Produção, Som e Video

SERVIÇOS: MANAGEMENT » DJ's

TIAGO SANTOS
TIAGO SANTOS

TIAGO SANTOS

TIAGO SANTOS

Tiago Santos, músico fundador e membro dos Cool Hipnoise e Spaceboys, duas bandas de referência no panorama nacional, é um dos pioneiros na divulgação dos sons quentes do Soul, Funk, Reggae e do Jazz-Hiphop em Portugal.

Em paralelo assume a sua carreira de dj na Rádio Oxigénio 102.6 www.oxigenio.fm onde desde o ano 2000 realiza e apresenta o programa "PLANETA JAZZ", cruzando o jazz entre o passado e o futuro, nas suas mais variadas mestiçagens com os ritmos da Terra, onde a dança encontra o espírito do jazz numa busca interminável pelos melhores sons do planeta.

Desde 97, vem actuando como dj em diversos bares e clubes do país, como "Clube da Esquina" ,"31", "Lux", "Jamaica", "La Moneda", "Industria", "Mood", "Velvet", "Sui", "Fluid", "Mercado", "Maxime", "Santiago Alquimista", "Music Box", etc. incluindo alguns festivais como o Sudoeste.

A sua carreira tem sido marcada pela busca de tudo o que possa ser tocado pelo sabor da soul. Jazz, Soul, Funk, Reggae, Afro-cubana, Brasil, HipHop, AfroBeat, Boogie, Disco Sound ou Soulfull House, são sabores habituais nos seus pratos, que não dispensam ainda as batidas futuristas do Broken Beat, o Dub ou o Dancehall. Festa global é o espírito, onde se respira a inspiração atlântica das noites cosmopolitas de Lisboa.

DJ Pedro Simões
DJ PEDRO SIMÕES

PEDRO SIMÕES

DJ Pedro Simões

"Dj há mais de uma década mas com uma cultura musical que se iniciou no primeiro dia que ligou um rádio. A ligação entre a pista de dança e a rádio ainda hoje existe. Quer numa discoteca, quer aos microfones do Grupo Renascença (MEGA FM, Renascença e RFM)." Um DJ eclético que passa estilos musicais como o Disco Sound, Pop Music e House Music.

Mr_Mute
MR_MUTE
LADY G BROWN
LADY G BROWN

LADY G BROWN

LADY G BROWN

Sou uma apaixonada por música, dança e gente, há 10 anos resolvi partilhar esta minha enorme paixão com todos e, foi em 2003 que nasceu Lady Gold & Brown A.K.A LadyGBrown, desde então envolvi-me de uma forma intensa no mundo musical, inicialmente escolhendo o Reggae como preferência.

Por influência de amigos como Selekta Lexo (Raska), Dr. Bastard, entre outros, comecei por tocar no “Bob Rasta”, na altura o único bar de Reggae no Bairro Alto, em Lisboa.

Entretanto foram surgindo outras oportunidades como as residências ás 5.ªs – feiras e Sábados no bar do Coletivo Club Naval, mais tarde surgiram outros convites, como, Mexe Café, Velvet, Mesquita bar, Espaço Groove Art, Summer Echo-Costa da Caparica, Bar L, Groove bar, Maxime, Mood, Souk, Left, Bacalhoeiro, MusicBox, Jamaica, Club Europa, Lisboa Festival África/Lisboa Mistura/Festival de Cinema Africano com Coletivo AfroBlu, Club Ferroviário, Bar do Cais, Pensão Amor e Arte & Manha, em Lisboa.

Out Jazz 2010 - Jardim do Campo Grande / 2011 – Cais das Colunas, Terreiro do Paço.

Participei também no evento “Caldas Mix” com os “3Wyzmen” e no B.B. Bar Baleal, nas Caldas da Rainha.

Em Itália, na cidade de Sardenha toquei no Bar/Restaurante “Refettorio” e, no Bar “Nu.Tupia” em Innsbruck, na Áustria.

Tenho atuado em vários Restaurantes e Esplanadas dentro da cidade de Lisboa, fazendo uma seleção muito cool com sons desde o jazz, bossa-nova, soul ao afro-beat, proporcionando sempre um ambiente calmo, no qual se pode jantar e conversar com um som de fundo super-agradável.

Para além de atuar como LadyGBrown, encontro-me envolvida em mais projetos, o Coletivo “AfroBlu Dj’s” que é composto por 4 elementos, LadyGBrown, João Gomes - Cool Hipnoise, Johnny - Cooltrain Crew e Dj Lucky, é um projeto de “Música de origem Negra”, onde fazemos uma viagem desde os anos 60 até aos dias de hoje, tendo como referência nomes como Miriam Makeba, Cesária Évora, Salif Keita, Pantera, Jorge Ben Jor, Miles Davis, Elias dia Kimuezo, PauloFlores, Bezerra da Silva, Nigga Poisson e muitos outros.

Os sets “AFROBLU” são quentes, o ambiente é equatorial, o ritmo saí do Continente Negro cruza o Atlântico rumo as Caraíbas e recarrega as baterias em Portugal.

Além deste projeto também fiz parte de um outro que iniciou na Costa da Caparica, no bar “Ngaru Lounge Beach”, intitulado por ” Urban Jump”, evento esse organizado pela revista “Super Noite” e o programa do canal MVM “Jump”, de seu nome “SoundSistha’s”, com Ingrid Fortez (voz) , sempre com sons bem quentes, desde o Jazz ao Afro Beat.

ONE LOVE, ONE HEART, ONE SOUL… BLESS

CELESTE / MARIPOSA
CELESTE / MARIPOSA

CELESTE / MARIPOSA

CELESTE / MARIPOSA

O que ouvimos hoje? Anda sempre pelo Rock n Roll, Soul, Funk, Metal, Techno, Hip-Hop, House, Música Erudita, Country e as misturas entre eles. Algumas resultam e outras não, e vinga quem tem mais engenho. Mas… e a nossa música? Será menor? Tulipa Negra, Africa Star, Os Tubarões, Semba Tropical, David Zé, Pila Cana. O merengue vem de Angola, a coladeira de Cabo Verde. Sem passar pelos Estados Unidos. O groove está aqui, entre nós. Groove é uma palavra anglo-saxónica, mas uma invenção africana. Melhor: já existe há uns séculos valentes. O que fizemos com o nosso? Parece-me que o ignorámos, mas ainda vamos a tempo de bailar o tempo perdido. Roça-roça, reviravoltas, aqueles beijos lentos. - Um tinto e uma aguardente.

Celeste / Mariposa são um grupo de gente que quer a proximidade entre as pessoas através do Afro-Baile. Puxa.

Links

SOULBIZNESS
SOULBIZNESS

SOULBIZNESS

SOULBIZNESS

SOULBIZNESS

Site oficial: myspace.com/soulbizness

DJ NERY
DJ NERY

DJ NERY

DJ NERY

DJ desde 2003, é um novo talento no panorama musical português.

Começou o seu trabalho como DJ profundamente envolvido com o Drum n' Bass, mas cedo escutou as suas raízes vindas do Jazz e envolveu-se ainda mais com a música negra.

Os seus sets de Funk proporcionam momentos únicos acompanhados de pitadas de scratch, a partir de uma selecção de discos retirados de colecções exclusivas. No entanto, as suas viagens musicais são também conduzidas pelo Hip Hop, Breaks, Dubstep, Jazz e Jungle/Drum n' Bass. Para Nery, rotular música não é importante, mas sim a própria música.

Desde 2005, ligado a alguns importantes colectivos de arte e música, como a Breakfast, Supafly, DFLEKTOR e SOMANY, tem tocado em vários bares e clubes por Portugal. Participou no campeonado DMC, categoria Team, tendo ficado em segundo lugar e colabora com a melhor banda de Jazz/Funk em Portugal, Groove4tet.

Como produtor renasceu quando integrou a Red Bull Music Academy Lx Taster 09, participando na compilação Portuguese Pitch Benders (2009) da Phonotactics e Bloodcuts 3 (2009) da Beat4Battle, sendo o primeiro DJ/Produtor ligado ao turntablism a estar numa compilação internacional de turntablism. E, mais recentemente, na compilação Jukebox #2 do Arena Lounge Casino Lisboa (2012).

Tocou com: Nelson Cascais (PT), Free The Robots (US), Carlos Zingaro (PT), D Bridge (UK), Mr. Bird (PT/UK), Mr.Cheeks (PT/UK), Iago Fernández (ESP), André Fernandes (PT), Yen Sung (PT), DJ Ride (PT), Survival (UK), Mário Delgado (PT), Dedydread (PT), Nuno Forte (PT), DJ Nel'Assassin (PT), P.No (CZ/IT), Groove4tet (PT), Mr. Mute (PT), DJ Tubarão (BR), M'otown Junkie (PT), Rodrigo Amado (PT), Spectrasoul (UK), Ursula 1000 (Eighteenth Street Lounge Music-US), Thunderball (Eighteenth Street Lounge Music- US), MC Trip(UK) e Benny G (Mixologists-UK).

Tocou @ CCB Fora de Si, Tuba (Krakow), Hot Clube Portugal, Clube Lua, Lux Frágil, Literki Klub (Krakow), Maria Caxuxa, Lx Factory, 2o Grande Prémio Red Bull, Clube Mercado, Krzysztofory Club (Krakow), Kubik Lisboa, Armazém do Chá, Bicaense, After Trip Klub (Krakow), Musicbox, Miss Honeypenny (Berlin), Lx Factory Open Day 2009, Santiago Alquimista, Odessa, Red Bull Hummer @ Meco & Zambujeira do Mar, DMC Championship 2008 (Supremacy / Team), Europa, Red Bull Pirate Popular Soundclash, Cabaret Maxime, Lisboa Out Jazz 08/09/10/11, Buondi Billabong Pro Surf Festival 2008, Onda Jazz e muitos outros sítios.

No fundo, o importante é a Música.

Links

DJ MR BIRD
DJ MR BIRD

DJ MR BIRD

DJ MR BIRD

Steve Bird (Newcastle, Inglaterra, 1972) compõe e produz música, é professor e mentor, designer de som e DJ. Completou a sua formação académica na Universidade de Newcastle upon Tyne, onde obteve um Masters Degree em Creative Music Technology (2002-2004), após um H.N.D. em Music Technology no Instituto de Ensino Superior de Newcastle (1997-1999). Em 2003 criou a sua própria Produtora – Mr. Bird Productions – e desde então lançou dois álbums e vários singles e EPs com as suas criações (soundcloud.com/mrbird). Antes de se mudar para Lisboa, há pouco mais de dois anos, Steve leccionava cursos de Produção Musical e Técnicas de DJying na Universidade de Cumbria e no Instituto de Ensino Superior de Gateshead, frequentando em simultâneo um Post Graduate Certificate in Education/ PGCE Teaching Qualification (Universidade de Sunderland, 2008- 2009).

Como mentor, Steve trabalhou na estrutura de intervenção criativa theDigitalCity (www.thedigitalcity.org) num vasto leque de projectos - de documentários a filmes de animação, de Design de Jogos a Web Design – aconselhando criadores e empresas sobre o impacto da música e do design de som nos projectos que realisavam e contribuindo para concretizar as suas ideias musicais (2006-2009).

Desde 2006 Steve leccionou cursos de Produção Musical e Técnicas de DJying em escolas, instituições de Ensino Superior e Universidades, bem como workshops dirigidos a diferentes grupos etários e com diferentes capacidades (de iniciados a profissionais). Trabalhou também no programa estatal Further Education e como mentor a título individual de jovens músicos, rappers e cantores.

Como músico, Steve compõe e toca guitarra, teclas, percussão e sintetizadores nas suas criações e projectos de design de som. Tem um longo background musical, declinado em bandas na juventude e depois em vários trabalhos a solo, bem como na remistura de outras bandas e artistas. Tem publicados vários singles e EPs e dois álbums: Mr. Bird Eats Worms (Hertz Recordings, 2001) and Know Your Rodents (Frequent Soundz Music, 2007). Em 2002 foi convidado por John Peel (personalidade que Steve muito admira enquanto “one man cultural institution” na divulgação da música no Reino Unido) para gravar uma das míticas John Peel Sessions para a BBC Radio 1.

Steve compôs musica original para um vasto leque de projectos de dança, teatro, filmes, publicidade e instalações, e viu a sua música passar na BBC1, BBC2, ITV, Channel 4 e MTV. Actualmente é também muito procurado como remixer, remisturando trabalhos de vários artistas e bandas, e colaborando com a nova geração de criadores de música portugueses.

Como DJ, Steve trabalha profissionalmente há mais de 15 anos, consolidando a experiência e a vasta colecção de discos em vinil. Tocou discos dentro e fora de Inglaterra em festivais, bares, clubes, galerias e festas, e em Portugal continuou a fazê-lo em sítios como o clube Musicbox, os bares Maria Caxuxa e Clube Ferroviario e o programa Outjazz.

Desde que se mudou para Lisboa, Steve criou música original para a Companhia João Garcia Miguel (O Banqueiro Anarquista, 2009, onde se estreou também como performer), para o filme Sagres, o Cabo do Sonho (Abílio Leitão, 2010, para o Museu de Sagres) e para a série documental Eu Sou África (Maria João Guardão, 2011, para a RTP2). Colaborou também com Patrícia Portela no projecto radiofónico AutoRádio Alkantara (Festival Alkantara, 2010), criando música e assinando a rubrica Viagens Impossíveis.

Actualmente Steve trabalha em projectos musicais a solo e em colaboração e co- dirige duas editoras de música digitais. Está também a pôr de pé a série de workshops Mr Bird’s Music Machine.

Links

DJ MANU
DJ MANU

DJ MANU

DJ MANU

Manu iniciou a sua actividade como dj em 1997 e traz consigo uma vasta experiência na arte do ambient /dub, tendo tido a oportunidade de trabalhar com artistas e colectivos importantes nesta área, como é o caso da Dreamlab / Good Mood.

Em 2002 juntou-se á Soniculture e redefiniu a sua sonoridade, dirigindo-a para as pistas de dança, mas tendo sempre presente as suas influências que passam pelo jazz e dub.

Actua regularmente em diversos eventos nacionais como o Boom Festival, Sonic Fresh, Festival Sudoeste , Citemor, Festival X, Neo-Pop, Out Jazz, entre outros…

A nível internacional actuou já em clubes e festivais em Espanha, Inglaterra, Alemanha, Marrocos e Angola.


topo da página